Rafael Nadal e o ano de 2013

Share This...
PinExt Rafael Nadal e o ano de 2013

rafa1 Rafael Nadal e o ano de 2013

 

Rafael Nadal fez história esse ano de 2013, o jogador Maiorquino retornou de lesão para conquistar 10 títulos e terminar o ano com um impressionante registo de 75 vitórias e 7 derrotas.

Nadal fez seu último jogo em 2012 no torneio de Wimbledon diante de Lukas Rosol e após essa partida resolveu colocar uma pausa na competição devido a uma lesão nos joelhos. A recuperação foi demorada e as incertezas muitas se Rafa seria capaz de regressar ao seu melhor nível.

Após sete meses Nadal retornou à competição no ATP Vina Del Mar onde foi derrotado na final por Horacio Zeballos, mas deixou muito boas indicações e nas duas semanas seguintes conquistando seus primeiros dois títulos da temporada em São Paulo e Acapulco. Após três boas semanas no saibro Nadal fez sua estreia em quadra sintética no torneio de Indian Wells e surpreendeu todo o mundo conquistando seu terceiro título em quatro torneios.

No Masters 1000 de Monte Carlo Nadal sofreu uma inesperada derrota na final diante de Novak Djokovic, mas tal como sucedera após o torneio de Vina Del Mar, o espanhol voltou mais forte que nunca após uma final perdida conquistando quatro torneios consecutivos: Barcelona, Madrid, Roma e por fim Roland Garros onde venceu Novak Djokovic nas meias-finais num jogo épico decidido apenas no 5º set por 9 – 7.

O pior momento da temporada de Nadal voltou a verificar-se no torneio de Wimbledon onde não foi além da primeira ronda perdendo para Steve Darcis de forma surpreendente em três sets.  O espanhol voltou a estar abaixo do esperado na grama, mas no fim dessa partida recusou atribuir a derrota aos seus joelhos: “Eu não vou falar de meus joelhos, a única coisa que posso dizer é parabéns ao Steve por um jogo fantástico.”

Mais uma vez Nadal reagiu da melhor maneira a uma derrota e após seu domínio no saibro europeu, o espanhol dominou também as quadras sintéticas norte-americanas conquistando os torneios de Montreal, Cincinatti e o US Open.

O US Open foi seu último título da época, mas até ao fim do ano ainda jogou as finais em Beijing e no ATP World Tour Finals em Londres perdendo esses dois jogos para Djokovic.

Nadal protagonizou um dos maiores retornos na história do esporte tornando-se o primeiro jogador na história do tênis a terminar o ano como número 1 sem ter jogado um torneio do Grand Slam (Aberto da Austrália). Após o fim da época Rafa foi homenageado com o prêmio de “melhor jogador da temporada” e também “lenda esportiva espanhola”.

You Love Tennis Right...

Join the Stevegtennis.com tennis club for free. Just enter your email below for...

  • Tennis news updates once a week.
  • Special offers on tennis gear.
  • Unsubscribe at any time.
  • We will never share your email.