Copa Davis: Brasil regressa ao zonal Americano após derrota com Alemanha

Share & Comment

BELLUCCI

 

O Brasil foi a Neu-Ulm na Alemanha para duelar por uma vaga no Grupo Mundial da Copa Davis, a eliminatória foi jogada em piso sintético coberto.

No primeiro dia de competição se realizaram dois jogos, o primeiro colocou frente a frente Philipp Kohlschreiber e Rogério Dutra Silva. Rogerinho bem tentou fazer frente ao alemão, mas Kohlschreiber é um jogador muito forte que conseguiu 47 winners enquanto Rogerinho apenas fez 18. O agora número 2 brasileiro ainda deu luta ao alemão discutindo todos os sets até ao fim, mas Kohlschreiber venceu por 6 – 3 7 – 5 6 – 4 para dar o primeiro ponto à Alemanha.  No final da partida Dutra Silva mostrou-se feliz com seu desempenho apesar da derrota: Ele sacou demais, eu tentava devolver, mas ele mudava o serviço todo ponto. Acho que joguei bem, tentei o meu melhor, mas ele é top 30”

Thomaz Bellucci entrou na quadra no segundo jogo do dia perante Florian Mayer. Bellucci tinha vencido o anterior duelo entre os dois em Madrid, mas em quadra rápida Mayer é um jogador muito perigoso tendo já vencido jogadores como Nadal. O brasileiro chegou a esta eliminatória depois de 7 derrotas seguidas e sem grande confiança em seu tênis muito devido aos problemas físicos que tem tido. O paulista não teve chance nessa partida e terminou derrotado por Mayer em três sets 4 – 6 1 – 6 2 – 6. Bellucci disse depois da partida ao site oficial do torneio: Ele jogou muito melhor do que eu. Não tive a chance de ser agressivo, porque a bola vinha muito baixa. Tentei bater forte e fundo, mas não consegui, ele foi superior. Não tive um bom dia”.

No Sábado Marcelo Melo e Bruno Soares defrontaram Martin Emmrich e Daniel Brands. Em caso de derrota o Brasil seria eliminado, mas Melo e Soares conseguiram vencer nas duplas por 6 – 3 6 – 4 6 – 4 para manter o Brasil na luta pela repescagem. Bruno Soares disse no final da partida: A gente precisava jogar assim, conseguimos fazer três sets sem baixar a intensidade e agora deixamos o Brasil vivo. Vamos voltar amanhã (domingo) com força total de novo”. Marcelo Melo também estava muito feliz depois da vitória: “Foi bom hoje, conseguimos colocar em prática o que a gente já vinha jogando no circuito e mais uma vez eu e o Bruno conseguimos jogar bem e dar essa força ao Brasil para o próximo ponto. Agora é juntar as forças que a gente deu novo gás para o Brasil”.

As chances do Brasil aumentaram no Domingo quando Kohlschreiber teve problemas médicos e não pode competir contra Thomaz Bellucci sendo Daniel Brands chamado para o substituir. No entanto Bellucci tem lutado contra uma tendinite no ombro direito e não tem conseguido jogar seu melhor tênis. Brands sacou a grande nível não sofrendo uma única quebra em seu saque (apesar de Bellucci ter 7 oportunidades de quebra), conseguindo 47 winners e apenas 24 erros não forçados. No final da partida Bellucci afirmou que jogou muito mal os pontos importantes: “Não joguei bem nas chances que tive. Ele foi melhor nos break-points. Foi um jogo ruim para mim por causa disso”.

Com o Brasil já eliminado do Grupo Mundial, Rogério Dutra Silva perdeu com Florian Mayer 4 – 6 4 – 6. A Alemanha venceu 4 – 1 e garantiu um lugar na próxima edição do Grupo Mundial da Copa Davis enquanto o Brasil volta ao zonal Americano onde será cabeça de chave juntamente com a Colômbia.

 

You Love Tennis Right...

Join the Stevegtennis.com tennis club for free. Just enter your email below for...

  • Tennis news updates once a week.
  • Special offers on tennis gear.
  • Unsubscribe at any time.
  • We will never share your email.

Leave a Reply